Voltar à lista de Rádios FM Voltar à Página Principal

FAMÍLIA FM - 104,5 MHz

ARRENDADA PARA RÁDIOS EVANGÉLICAS DESDE 2000

Escrito em 15 de fevereiro de 2002. Atualizado em 17 de abril de 2013.

A rádio foi fundada no início dos anos 80 por Armando Campos, ex-locutor da Nacional AM e d'A Voz do Brasil. Inicialmente, foi a popular Master FM, mudando pouco tempo depois para Tropical FM. Esta foi a primeira rádio do Rio de Janeiro quase totalmente dedicada ao samba. Foi responsável pelo lançamento de talentos ainda iniciantes na época, como Almir Guineto e Zeca Pagodinho. Durante todo o tempo em que foi, informalmente, a "rádio do samba", foi porta-voz dos cantores, compositores e músicos do gênero, e também das escolas de samba, que contavam com a divulgação da Tropical durante todo o ano.

Os infames anos 90 (a era pós-Collor) quebraram a Tropical FM. Inicialmente, Armando Campos tentou salvá-la, transformando-a em rádio de sucessos populares, sem êxito. Afinal, a concorrência no segmento já era forte, desde os anos 80.

No final dos anos 90, Armando Campos extinguiu a Tropical, e deu sua última cartada: transformou a FM 104,5 numa emissora dedicada à música instrumental, principalmente orquestrada, e voltada para os escritórios. Esta rádio teve dois nomes: Scala FM, e depois Instrumental FM.

Esta rádio não durou dois anos. Primeiro, a Instrumental FM teve todo o seu horário de 18 a 8h do dia seguinte arrendado à Igreja Universal do Reino de Deus. Mas no início de 2001, ela foi totalmente arrendada à igreja. A FM 104,5 (tendo a frequência como nome da rádio: FM 104,5) tornou-se uma rádio igual às AMs da Universal, com mais pastores pregando do que música, mesmo evangélica. Chegou a ter alguns horários dedicados à música romântica convencional, mas que não duraram muito.

Em 2013, Edir Macedo ordenou que a Universal deixasse todas as rádios arrendadas pelo país afora, ficando apenas nas emissoras próprias. A igreja, então, deixou a 104,5. No lugar, entrou no ar no dia 12 de março a Famíla FM, dirigida pelo radialista Alberto Brizola. A única igreja que colocava anúncios no dia da estreia da Família FM era a Igreja da Família, dirigida pelo bispo Gleibe de Andrade. A programação é ocupada majoritariamente por música evangélica, e há também transmissões esportivas e a repetição do programa de rádio de Anthony Garotinho.

DADOS DA RÁDIO

Sede da outorga: São Gonçalo

Alcance: Grande Rio (exceto parte da Zona Oeste carioca) e arredores. A torre fica no morro do Sumaré, Rio de Janeiro.

Portal na Internet: www.104familiafm.com.br

Voltar ao Início Voltar à lista de Rádios FM Voltar à Página Principal